Popular Post

Popular Posts

Posted by : Equipe Fã Clube Sinceramente Ana Carolina 13 de fev de 2014

Belchior anda sumido, mas seu Coração selvagem está voltando a bater forte. Desta vez, na voz de Ana Carolina. Sucesso radiofônico que deu título ao álbum lançado pelo cantor e compositor cearense em 1977, Coração selvagem representa pico de intensidade emocional no roteiro de #AC, show que Ana Carolina estreou no Rio de Janeiro (RJ) com apresentação que encheu o Citibank Hall na noite de 7 de fevereiro de 2014. O show chegou ao Rio com roteiro idêntico ao da estreia nacional de #AC, em 31 de janeiro, em São Paulo (SP). Música que se ajusta ao tom passional do canto grave da artista mineira, Coração selvagem ganha a voz de Ana com verso alterado (em vez de "Coma um cachorro quente", a intérprete canta "Depois do meu beijo quente") em abordagem que magnetiza a plateia e tem merecido aplausos de pé. Além de Coração selvagem, o roteiro de #AC surpreende ao sair do trilho habitual com Fire, música da lavra do norte-americano Bruce Springsteen, composta em 1977 - com inspiração em Elvis Presley (1935 - 1977) - e lançada em disco em 1978, em gravação do grupo norte-americano The Pointer Sisters. Fire é instante de delicadeza pop em show marcado por mix de sexo e eletrônica que abre espaço para a pegada popular do reggaeton Piriguete, sucesso viral de MC Papo - nome artístico do cantor belga (de criação mineira) Alexandre Materna - em 2012. Sob a direção de Monique Gardenberg, Ana apresenta em #AC mash-up de Piriguete com Você não vale nada (Dorgival Dantas, 2005), tema de tom forrozeiro projetado em escala nacional quando a gravação do grupo sergipano Calcinha Preta foi incluída na trilha sonora da novela Caminhos das índias (TV Globo, 2009). Eis o roteiro seguido por Ana Carolina - vista em foto de Rodrigo Amaral no palco do Citibank Hall - na estreia carioca de seu show #AC.


Fonte:  Blog Notas Musicais


- Copyright © 2014 . - Powered by Graziella Silva - Distributed By Blogger Themes - Designed by Johanes Djogan